Texto provocação do mês de junho

A imagem de abertura do post é a Foto do Ginásio da Bahia (depois Colégio Central) em Obra de Propaganda Geral, comemorativa do Centenário da Independência da Bahia, localizada na Biblioteca Manoel Quirino. José Coelho (Ed.), [1924 ?], p. 42-44.

A foto do Colégio Central, provavelmente do ano de 1923, quando ainda ainda tinha a denominação de Ginásio da Bahia, é o destaque nesse post em razão da notícia publicada no portal do IPAC – Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural do Estado da Bahia em 30/06 sobre o reconhecimento provisório da instituição como Patrimônio Cultural Material do Estado. Uma notícia que nos convida a refletir sobre preservação da nossa história e tradições.

Por coincidência a Exposição escolar dessa edição foi organizada em torno da história de uma escola pública da cidade de Salvador e também nos remete a refletir sobre preservação. Visitar a exposição e tentar “ler” e “interpretar” as informações e mensagens que pretendeu comunicar nos convidou a uma reflexão sobre a relação que existe entre os temas “Arquivos escolares” e história das instituições escolares. Ou seja, nessa edição (e possivelmente nas demais) a Exposição é também um texto-provocação.

Sendo assim…

Clique aqui para visitar a Exposição: História da Escola Almerinda Costa: uma Trajetória Necessária a Ser Contada (1949-1975)

Entre e examine as fotos, os textos, a divisão de tempo utilizada para contar a história da escola; Lance um olhar especial para as fontes onde foram encontradas as fotos da escola, dos professores e dos documentos utilizados.

Depois disso, caso se sinta motivado(a), reflita sobre as seguinte questões e deixe seus comentários no formulário abaixo:

Você conhece textos escritos que contam a história da escola onde você estudou ou onde trabalha?

Considera que o registro escrito dessa história é importante?

A escola onde estudou ou trabalha guarda documentos que pode contar a sua história? Ou cuida apenas dos registros administrativos?

Recorda em que lugar estão ou estavam os arquivos da escola onde você trabalha ou estudou? Sabe que documentos estão ou estavam guardados nesses arquivos?

Já teve oportunidade de fazer pesquisa nos arquivos de alguma escola? Pode relatar como foi a sua experiência?

Acredita que é possivel um trabalho articulado entre gestores, professores, alunos e comunidade para recuperar cópias de documentos que contam a história da escola e organizar um arquivo de documentos históricos da escola? Será que esse trabalho pode ser usado como atividade pedagógica?

Que impactos/repercussões o conhecimento da história da escola pode causar na comunidade escolar ou na comunidade do entorno da escola?

Lembrar que quando falamos em documentos estamos nos referindo a peças diversas. como: trabalhos de alunos, relatórios, cadernetas para registro de frequência, notas e outras informações, boletim, recortes de jornais, depoimentos impressos ou registrados em audio, fotografias de alunos e festas, projetos pedagógicos, correspondência recebida da administração da educação, atas das reuniões de professores e muitas outras peças que podem ter os formatos mais variados.

DEIXE AQUI OS SEUS COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close