Acesso ao ensino superior: negros na educação da Bahia

Em 21 de maio no Blog Modos de Fazer Educação na Bahia

Hoje, 21 de maio, iniciamos nossa conversa com um postal localizado no Museu Tempostal, em Salvador, Bahia

Postal reproduzindo um chafariz, local de abastecimento público de água, em Salvador. A peça que Viana (2003) introduziu no livro Salvador: cidade da Bahia mostra negros carregando água e transportqndo os vasilhames na cabeça, nos ombros e em animais de carga.

E, continuando nossa conversa, vamos falar sobre o acesso dos negros baianos no ensino superior

Em estudo realizado para sua dissertação de mestrado usando dados do IBGE o doutor Genilson Ferreira da Silva demonstrou que, em 1940,  na Bahia, 1.759 pessoas que tinham entre 5 e 39 anos possuiam instrução de nível superior. Quando esses dados foram analisados considerando a cor, o pesquisador descobriu que desse total:

           83,11 %   eram  brancos

            1,94        eram pretos

            14,95      eram pardas ou não declaram a cor

Representados em gráfico e tabela os dados analisados por Genilson, que também é professor da UNEB, apresentam-se assim:

Gráfico elaborado pelas editoras do Blog a partir da tabela apresentada por Silva, 2013, p.67.

Quadro elaborado pelas editoras do Blog a partir da tabela apresentada por Silva, 2013, p.67.

Você tem alguma ideia sobre como ficariam esse quadro e gráfico, se elaborados com dados relativos ao ano de 2022 ?

Para conhecer a dissertação O RUÍDO DO SILÊNCIO: O PÚBLICO, O PRIVADO E AS RELAÇÕES
RACIAIS NA TRAMITAÇÃO DA LEI DE DIRETRIZES E BASES, LEI 4.024/1961 (1948-1961)
defendida pelo professor Genilson Ferreira da Sillva, em 2013, clique aqui

Relembrando

  • A Edição do mês de maio do Blog Modos de Fazer Educação logo será publicada. Nossa Exposição Escolar versará sobre NEGROS NA EDUCAÇÃO NA BAHIA. Vamos trazer fotografias de professores, alunos e benfeitores negros da educação na Bahia.
  • De 26 a 28 de maio acontecerá O XIV Colóquio de História da Educação – PROMEBA 40 anos memória: conectando histórias Para mais informações e inscrição acesse PROMEBA – Projeto Memória da Educação na Bahia – UNEBhttp://www.promeba.uneb.br

Informando

UM FILME NA UNEB30 de maio

O CINE DEBATE apresenta o filme “Guilhermina”, da cineasta cubana Aída Esther Bueno Sarduy (PhD).


 
O objetivo do CINE DEBATE é exibir filmes e documentários voltados às reconstruções visuais afrodiaspóricas a partir das incorporações das histórias, memórias e arquivos históricos. Essa atividade é organizada e coordenada pela Dra. Mille Caroline Rodrigues Fernandes ‘Makyesi’, pesquisadora do Núcleo de Estudos Africanos e Afro-brasileiros em Línguas e Culturas (NGEAALC/UNEB) e do Programa Memória da Educação na Bahia (PROMEBA/UNEB).

PARTICIPE…
 
Dia: 30 de maio de 2022
Local: Auditório Jurandir Oliveira (UNEB/DEDC-Campus I)
Horário: 15h às 17 horas

 
Obs.: É obrigatório o uso de máscara durante a permanência no ambiente destinado à atividade. As inscrições para o acesso ao auditório serão limitadas a 45 lugares.

Corra logo para se inscrever!
 
Link para mais informações e acesso ao formulário de inscrição


LANÇAMENTO DO KIT CORDEL com 04 Livretos com rimas do Professor Gildásio Freitas… ACONTECEU HOJE, DIA 21, 17 HORAS.


Quatro bairros nesta primeira versão serão homenageados pela coleção Festas e Bambas de Santo Amaro do Ipitanga: Centro Histórico, Vila Praiana, Portão e Nação Itinga. A atividade é parte da 20ª Semana Nacional dos Museus. O lançamento coloca Lauro de Freitas oficialmente na Programação do IBRAM. Para saber mais, acesse:

https://www.instagram.com/p/CdyN9UcusHJ/?igshid=YmMyMTA2M2Y=

VEJA TAMBÉM O VÍDEO ABAIXO SOBRE OUTRA PRODUÇÃO DE GILDÁSIO FREITAS, QUE É UM DE NOSSOS COLABORADORES.

Inspirado no Cordel de Gildásio Freitas, o Grupo Cultural Cadeiradebrin musicou os versos e rimas do livreto “A Grande Lona”. Publicado em 2019, a obra relata os principais expoentes do universo do circo de Lauro de Freitas. A canção, do projeto intitulado “O Cordel Em Cantado do Circo”, está muito rica, com instrumentos e ritmos bem diversificados que vai do acordeom de estilo circo europeu, perpassando para o côco nordestino e finalizando com sopros de frevo. SAIBA MAIS EM: https://www.youtube.com/watch?v=WpOCBePTJ_8&t=163s

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close